30/05/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

USAF planeja usar foguete de Elon Musk para transportar carga a qualquer lugar do mundo em apenas uma hora

3 minutos de lectura
A Força Aérea dos Estados Unidos revelou detalhes sobre seus planos ambiciosos para um foguete de lançamento espacial que pode entregar cargas pesando até 100 toneladas para qualquer lugar do mundo em apenas uma hora. O serviço, que trabalha em parceria com a SpaceX de Elon Musk, quer fazer um teste de ponta a ponta […] O post USAF planeja usar foguete de Elon Musk para transportar carga a qualquer lugar do mundo em apenas uma hora apareceu primeiro em Poder Aéreo - Aviação Militar, Indústria Aeronáutica e de Defesa.

A Força Aérea dos Estados Unidos revelou detalhes sobre seus planos ambiciosos para um foguete de lançamento espacial que pode entregar cargas pesando até 100 toneladas para qualquer lugar do mundo em apenas uma hora.

O serviço, que trabalha em parceria com a SpaceX de Elon Musk, quer fazer um teste de ponta a ponta do programa Rocket Cargo até o final do ano que vem.

Se bem-sucedido, ele veria carga e pessoal com carga equivalente a de um C-17 sendo transportado na velocidade de um foguete.

Os planos foram incluídos no orçamento proposto para o ano fiscal de 2022, que requer quase US$ 48 milhões em financiamento adicional para o programa, relatou o The Drive.

A soma é cinco vezes o financiamento que a Força Aérea recebeu para o programa no ano passado.

O programa Rocket Cargo fará parte do Programa Vanguard da Força, que identifica pesquisas e tecnologias avançadas que podem ser do interesse dos militares.

O documento orçamentário declara: ‘O Departamento da Força Aérea busca alavancar o atual investimento comercial de bilhões de dólares para desenvolver os maiores foguetes de todos os tempos, e com plena capacidade de reutilização para desenvolver e testar a capacidade de alavancar um foguete comercial para entregar carga da Força Aérea em qualquer lugar na Terra em menos de uma hora, com capacidade para 100 toneladas.’

Um conceito envolve o envio de veículos reutilizáveis ​​impulsionados por foguetes a altitudes extremamente altas na atmosfera, pousando nos locais onde são descarregados antes de retornar ao ponto de partida inicial.

O orçamento também faz referência à ‘capacidade de lançamento aéreo’, indicando um possível interesse em liberar cargas úteis sobre uma zona de lançamento do espaço.

Ser capaz de desdobrar rapidamente forças ou equipamentos em todo o mundo pode ser extremamente valioso para os militares, tanto em conflitos como em missões humanitárias.

Mas propostas semelhantes foram exploradas desde a década de 1950, sem sucesso devido às suas dificuldades técnicas.

Entre os problemas potenciais estão o lançamento de locais remotos e a dificuldade em ocultar os lançamentos de ataques inimigos.

Com um foguete propulsor cheio de combustível, também pode ser um alvo provável para ataques.

O enorme custo das missões também pode ser um fator preocupante, com a SpaceX atualmente estimando que um lançamento com um foguete Falcon 9 reutilizável custará US$ 62 milhões, embora Musk espere reduzir esse número para US$ 2 milhões.

Atualmente, um C-17 custa cerca de US$ 540.000 para ser enviado para qualquer lugar do mundo, embora os voos possam levar até 18 horas.

Um esforço recente dos militares dos EUA para explorar um conceito de carga espacial foi anunciado pelo Pentágono nos anos 2000.

Espera-se com otimismo que os planos para a Small Unit Space Transport and Insertion (SUSTAIN) seriam alcançáveis ​​dentro de uma década.

FONTE: Daily Mail

militar