16/06/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Madonna leva 1,6 milhão a Copacabana, diz Riotur

2 minutos de lectura
Depois de 12 anos, popstar fez o quarto show no Brasil, o maior da sua carreira. Madonna leva 1,6 milhão de pessoas a Copacabana Fernando Maia/Riotur O megashow de Madonna levou 1,6 milhão de pessoas a Copacabana na noite deste sábado (4), segundo a Riotur. O número superou a estimativa, que era de 1,5 milhão. Depois de 12 anos, a popstar fez o quarto show no Brasil. A apresentação, que começou pouco depois das 22h30 e durou cerca de 2 horas, colocou fim à turnê mundial "The Celebration Tour". A maior popstar em atividade fez o maior show de sua história, com participações dos filhos e das cantoras Pabllo Vittar (“Music”) e Anitta (“Vogue”). As duas não cantaram, mas subiram ao palco e contracenaram com a diva. Vestidas com blusas da seleção de futebol brasileira, Madonna e Pabllo rebolaram juntas, ao som de ritmistas mirins de escolas de samba do país. A drag queen apareceu durante a performance de "Music", lançada pela americana em 2000. Já Anitta surgiu durante a performance de "Vogue". Madonna transforma Praia de Copacabana em Broadway juntando teatro, música e hits Madonna e Pabblo Vitar Reprodução Durante a performance de "Live to Tell", Madonna homenageou pessoas que morreram por complicações causadas por Aids. Emocionada, ela chorou durante a música. Nos telões, apareceram fotos de vários famosos. Entre eles, estavam os artistas brasileiros Renato Russo e Cazuza, que morreram devido à doença. Madonna chora em 'Live To Tell', Reprodução Madonna já se apresentou no Brasil em outras três turnês: "The Girlie Show", em 1993; "Sticky and sweet tour", em 2008; e a "MDNA", em 2012. Madonna com a filha Mercy James Reprodução Madonna beija bailarina Reprodução

Depois de 12 anos, popstar fez o quarto show no Brasil, o maior da sua carreira. Madonna leva 1,6 milhão de pessoas a Copacabana
Fernando Maia/Riotur
O megashow de Madonna levou 1,6 milhão de pessoas a Copacabana na noite deste sábado (4), segundo a Riotur. O número superou a estimativa, que era de 1,5 milhão. Depois de 12 anos, a popstar fez o quarto show no Brasil. A apresentação, que começou pouco depois das 22h30 e durou cerca de 2 horas, colocou fim à turnê mundial «The Celebration Tour». A maior popstar em atividade fez o maior show de sua história, com participações dos filhos e das cantoras Pabllo Vittar (“Music”) e Anitta (“Vogue”). As duas não cantaram, mas subiram ao palco e contracenaram com a diva.
Vestidas com blusas da seleção de futebol brasileira, Madonna e Pabllo rebolaram juntas, ao som de ritmistas mirins de escolas de samba do país. A drag queen apareceu durante a performance de «Music», lançada pela americana em 2000.
Já Anitta surgiu durante a performance de «Vogue».
Madonna transforma Praia de Copacabana em Broadway juntando teatro, música e hits
Madonna e Pabblo Vitar
Reprodução
Durante a performance de «Live to Tell», Madonna homenageou pessoas que morreram por complicações causadas por Aids. Emocionada, ela chorou durante a música. Nos telões, apareceram fotos de vários famosos. Entre eles, estavam os artistas brasileiros Renato Russo e Cazuza, que morreram devido à doença.
Madonna chora em ‘Live To Tell’,
Reprodução
Madonna já se apresentou no Brasil em outras três turnês: «The Girlie Show», em 1993;
«Sticky and sweet tour», em 2008;
e a «MDNA», em 2012.
Madonna com a filha Mercy James
Reprodução
Madonna beija bailarina
ReproduçãoFuentes BR