12/04/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Trump endurece como aço

2 minutos de lectura

O presidente americano confirmou um aumento nas tarifas para exportação de aço e alumínio do Brasil e Argentina.

A semana começou a se mover em questões macroeconômicas. Donald Trump, através de sua conta oficial no Twitter, confirmou o retorno das tarifas para a exportação de metais de as duas grandes potências do cone sul: Brasil e Argentina. Em uma mensagem contundente escrito na rede social do pássaro, o colega de Bolsonaro e Fernández afirmou que esta medida se deve a as “fortes desvalorizações do real brasileiro e do peso argentino”, e alegou que essas depreciações monetárias aconteceram massivamente e que afeta diretamente produtores nos Estados Unidos.

Em 2018, Trump tomou a medida de programar tarifas, de% 25 ao aço e% 10 ao alumínio, que iniciou uma guerra comercial com a China. Argentina, Brasil e outros países foram isentos desse escopo tarifário, embora isso esteja chegando ao fim.

Fuente: voanews.com

Aqui, os dois tweets de Donald Trump:

Brazil and Argentina have been presiding over a massive devaluation of their currencies which in not good for our farmers. Therefore, effective immediately, I will restore the tariffs an all steel and aluminium that is shipped into the U.S. from those countries. The Federal…

Reserve should likewise act so that countries, of which there are many, no longer take advantage of our strong dollar by further devaluing their currencies. This makes it very hard for our manufactures & farmers to fairy export their goods. Lower rates & loosen – Fed!

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *