25/02/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Tether anuncia política de congelamento de carteira para pessoas sancionadas pela OFAC

2 minutos de lectura
A Tether está expandindo as sanções de controle ao mercado secundário, em um esforço para cooperar com os reguladores dos Estados Unidos.

A Tether está expandindo as sanções de controle ao mercado secundário, em um esforço para cooperar com os reguladores dos Estados Unidos.

O emissor de stablecoin Tether anunciou mais um passo em direção à cooperação com agências de aplicação da lei e regulatórias ao iniciar uma política voluntária de congelamento de carteiras, de acordo com uma postagem no blog em 9 de dezembro.

Desde 1 de dezembro, a Tether tem oferecido no mercado secundário controles para congelar atividades ligadas a pessoas sancionadas na lista de Nacionais Especialmente Designados (SDN) do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) dos Estados Unidos. Empresas e indivíduos controlados ou pertencentes a países sancionados estão incluídos na lista.

De acordo com a Tether, a política complementará os protocolos de segurança existentes e é um «esforço proativo para trabalhar ainda mais de perto com reguladores globais e agências de aplicação da lei».

O Departamento do Tesouro dos EUA tem usado a lista para conter transações cripto potencialmente conectadas a atividades ilegais, incluindo financiamento ao terrorismo e distribuição não autorizada de fentanil.

Carteiras previamente adicionadas à lista SDN já foram congeladas pela Tether, uma ação que contradiz as posições anteriores da empresa sobre o assunto. Em agosto de 2022, por exemplo, a Tether anunciou que não congelaria proativamente endereços sancionados do Tornado Cash, a menos que fosse instruída por autoridades policiais. De acordo com o OFAC, indivíduos e organizações criminosas usaram o Tornado Cash para lavar mais de US$ 7 bilhões em criptomoedas desde 2019.

«Ao executar o congelamento voluntário de novos endereços adicionados à lista SDN e o congelamento de endereços previamente adicionados, poderemos fortalecer ainda mais o uso positivo da tecnologia de stablecoin e promover um ecossistema de stablecoin mais seguro para todos os usuários», disse Paolo Ardoino, CEO da Tether.

A empresa sediada em Hong Kong está por trás da stablecoin Tether  USDTtickers downR$4,97, cuja capitalização de mercado atingiu recordes históricos durante a repressão às empresas cripto nos EU A nos últimos meses. Atualmente, sua capitalização de mercado está em US$90 bilhões, indicando uma forte demanda pela stablecoin que detém quase 70% do mercado.