01/02/2023

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’

4 minutos de lectura
Moscou, 26 de novembro./TASS/. A atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31 aumentará a eficiência de suas missões, em particular para proteger as fronteiras do norte da Rússia em meio ao crescente interesse de outros estados na Rota do Mar do Norte, disse à TASS o piloto militar da Rússia major-general Vladimir Popov, na sexta-feira […] O post Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’ apareceu primeiro em Poder Aéreo – Aviação, Forças Aéreas, Indústria Aeroespacial e de Defesa.

Moscou, 26 de novembro./TASS/. A atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31 aumentará a eficiência de suas missões, em particular para proteger as fronteiras do norte da Rússia em meio ao crescente interesse de outros estados na Rota do Mar do Norte, disse à TASS o piloto militar da Rússia major-general Vladimir Popov, na sexta-feira (26).

O piloto falou sobre a modernização dos caças MiG-31 atualmente em andamento na empresa de aviação Sokol em Nizhny Novgorod, na área do Volga.

“Estamos planejando usar interceptadores de alta altitude MiG-31 para proteger o espaço aéreo soberano da Rússia nas direções norte e lá estamos limitados a aeroportos e campos de aviação, que são muito poucos naquela região”, disse o piloto.

Até agora, a Rússia reconstruiu dez aeródromos na região polar que existiam no período soviético, lembrou ele.

“Vários outros campos de aviação estão sendo preparados para operação”, disse o piloto militar, acrescentando que outros estados têm mostrado um interesse cada vez maior na Rota do Mar do Norte recentemente.

“Muitos países se interessaram pela Rota do Mar do Norte. Lá as condições climáticas e geográficas melhoraram”, explicou.

Foi relatado em 26 de março que, pela primeira vez na história militar russa, dois caças MiG-31 realizaram um voo sobre o Pólo Norte com reabastecimento no ar. O Ministério da Defesa da Rússia também informou que grupos de interceptadores de longo alcance MiG-31 já estavam em alerta de combate no Ártico para manter uma vigilância cuidadosa na região.

Os engenheiros soviéticos que desenvolveram o caça MiG-31 incorporaram um enorme potencial de modernização no avião de combate, enfatizou o merecido piloto militar russo.

“Uma característica forte de nosso hardware, e isso é reconhecido em nível mundial, é que nossos aviões apresentam um potencial bastante amplo para seu reparo e atualização. O próprio hardware permite operar aeronaves, especialmente aviões de combate, por um longo período e trocar conjuntos de equipamentos, “Popov apontou.

Caça MiG-31

O vice-ministro da Defesa russo, Alexei Krivoruchko, visitou a fábrica de aviação Sokol (uma filial da MiG Aircraft Corporation) em Nizhny Novgorod para inspecionar o trabalho de atualização dos caças-interceptadores de alta altitude MiG-31. A gerência da planta informou ao vice-ministro da defesa que a eficiência de combate dos caças-interceptadores MiG-31 aumentaria cerca de três vezes após seus grandes reparos e melhorias.

Hoje, a principal tarefa da empresa de aviação Sokol é realizar grandes reparos no caça-interceptador MiG-31 com sua grande atualização para o nível MiG-31BM e este trabalho está em andamento desde 2007, disse a administração da planta.

A Rússia está realizando testes de estado do caça-interceptador MiG-31 atualizado com um sistema de controle fly-by-wire. Como relatou a empresa de aviação Sokol, “há uma opção de atualizar esta aeronave, onde mudamos do sistema de controle mecânico para o sistema de controle fly-by-wire, com uma série de computadores montados no avião”.

“A opção com o sistema de controle fly-by-wire já está sendo implementada: agora esta variante do interceptador atualizado está passando por testes”, disse a administração da planta.

Os principais reparos dos caças proporcionarão sua operação confiável e sem falhas, enfatizaram os gerentes da Sokol. No decorrer da atualização do caça, seu equipamento de bordo será completamente substituído. O avião de combate também será verificado quanto a falhas para substituir as seções de corrosão que podem ser responsáveis ​​por 15-50%. Toda a fiação e peças de borracha serão completamente substituídas junto com o canopy. Componentes estrangeiros no MiG-31BM foram totalmente substituídos por itens domésticos.

O caça supersônico para todos os climas de longo alcance MiG-31 é o primeiro avião de combate de quarta geração criado para as defesas aéreas da Rússia. O caça se tornou uma plataforma aérea para o desenvolvimento do sistema de mísseis hipersônicos aerotransportados Kinzhal e o novo avião foi batizado de MiG-31K.

O Ministério da Defesa da Rússia assinou um contrato estatal na mostra internacional de armas Army 2021 sobre o reparo e atualização de caças interceptadores MiG-31K e o reparo de aeronaves MiG-31 com sua atualização para o nível MiG-31BM.

Atualmente, um esquadrão de caças MiG-31K com mísseis hipersônicos Kinzhal está em serviço de combate experimental no Distrito Militar do Sul da Rússia. Também foi relatado que um regimento aéreo estacionado em Kansk, na região de Krasnoyarsk, no leste da Sibéria, será rearmado com mísseis hipersônicos Kinzhal até 2024. O regimento aéreo opera atualmente caças MiG-31BM.

MiG-31 com míssil Kinzhal

FONTE: TASS

O post Rússia testa caça MiG-31 com sistema ‘fly-by-wire’ apareceu primeiro em Poder Aéreo – Aviação, Forças Aéreas, Indústria Aeroespacial e de Defesa.
militar,militar