16/06/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Operação Allied Sky: Bombardeiros estratégicos B-52H sobrevoam a Europa acompanhados por caças da OTAN

2 minutos de lectura
Pela segunda vez em uma rotação da Força-Tarefa de Bombardeiros, aeronaves B-52H da Força Aérea dos EUA (USAF) voaram uma missão sobre todas as 30 nações aliadas da OTAN na Europa em 31 de maio de 2021. Aeronaves B-52H Stratofortress implantadas na Base Aérea de Morón, na Espanha, e também baseadas nos EUA voaram com […] O post Operação Allied Sky: Bombardeiros estratégicos B-52H sobrevoam a Europa acompanhados por caças da OTAN apareceu primeiro em Poder Aéreo - Aviação Militar, Indústria Aeronáutica e de Defesa.

Pela segunda vez em uma rotação da Força-Tarefa de Bombardeiros, aeronaves B-52H da Força Aérea dos EUA (USAF) voaram uma missão sobre todas as 30 nações aliadas da OTAN na Europa em 31 de maio de 2021.

Aeronaves B-52H Stratofortress implantadas na Base Aérea de Morón, na Espanha, e também baseadas nos EUA voaram com mais de 20 aliados da OTAN em um único dia entre os dois comandos combatentes.

A Operação Allied Sky demonstrou o compromisso dos EUA compartilhado com a solidariedade da OTAN, aumentando a prontidão e oferecendo oportunidades de treinamento destinadas a aumentar a interoperabilidade para todas as tripulações participantes dos EUA e de aliados da OTAN.

A Allied Sky é a mais recente iteração de missões da Força-Tarefa de Bombardeiros de rotina que ocorreram no teatro de operações europeu desde 2018, com mais de 200 surtidas coordenadas com aliados e parceiros.

Segundo a USAF, os bombardeiros estratégicos contribuem para a estabilidade em todo o mundo, pois têm como objetivo deter o conflito, em vez de instigá-lo. Se solicitadas, as aeronaves dos EUA oferecem recursos de resposta rápida a qualquer momento e em qualquer teatro.

Aeronaves KC-135 Stratotanker da 100ª Ala de Reabastecimento Aéreo, RAF Mildenhall, Inglaterra, apoiaram a operação. A 100º ARW é a única ala permanente de reabastecimento aéreo da USAF na Europa, estendendo o alcance das aeronaves dos EUA e da OTAN na Europa e além.

“As missões de bombardeiros demonstram a credibilidade de nossas forças para lidar com um ambiente de segurança global que é mais diverso e incerto do que em qualquer outro momento de nossa história”, disse o general Jeff Harrigian, comandante do NATO Allied Air Command and U.S. Air Forces in Europe-Air Forces Africa. “A missão é uma demonstração impressionante da superioridade aérea da OTAN e, juntos, não há desafio que não possamos enfrentar.”

Os países da OTAN programados para participar da missão e voar com as aeronaves dos EUA incluíram Bélgica, Bulgária, Canadá, Croácia, República Tcheca, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Espanha , Turquia e Reino Unido.

O post Operação Allied Sky: Bombardeiros estratégicos B-52H sobrevoam a Europa acompanhados por caças da OTAN apareceu primeiro em Poder Aéreo – Aviação Militar, Indústria Aeronáutica e de Defesa.
militar,militar