29/05/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Northrop inicia a produção do primeiro MQ-4C Triton australiano

2 minutos de lectura
MQ-4-Triton-1

 

Por Greg Waldron

Northrop Grumman iniciou o trabalho de produção do primeiro veículo aéreo não tripulado MQ-4C (UAV) para a Royal Australian Air Force (RAAF).

A empresa marcou o início da produção em uma transmissão para um público virtual que incluía os principais interessados ​​americanos e australianos no programa. A montagem da aeronave começou na fábrica da empresa em Moss Point, no Mississippi.

“O MQ-4C Triton será uma capacidade de inteligência, vigilância e reconhecimento muito importante para a Austrália”, disse o comodoro Terry van Haren, adido aéreo da RAAF na embaixada australiana.

“É ideal para as condições de operação australianas, devido à sua grande altitude, longa resistência e impressionante conjunto de sensores. A Real Força Aérea Australiana espera operar o MQ-4C ao lado de seus outros ISR e aeronaves de resposta, como o Boeing P-8A Poseidon.”

 

 

 

O MQ-4C é um programa de desenvolvimento cooperativo entre a RAAF e a Marinha dos EUA e a RAAF planeja obter seis, e possivelmente sete, MQ-4Cs na mesma configuração que a USN.

Uma grande questão que o programa enfrenta é se Canberra concordará em acelerar suas aquisições do Triton para preencher uma lacuna de produção provável de dois anos nas aquisições da Triton da Marinha dos EUA.

O pedido de orçamento do Departamento de Defesa dos EUA para o ano fiscal de 2021 pede uma pausa de dois anos na produção do Triton em 2021 e 2022 (o AF2021 vai de 1º de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021). Em meio às eleições de 2020, o orçamento ainda não recebeu aprovação do Congresso.

Essa lacuna de produção iminente fez com que a Northrop chamasse Canberra para intervir e preenchê-la, reduzindo assim os custos e preservando a capacidade de produção.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: DAN

FONTE: Flight Global

militar

via Defesa Aérea & Naval

November 3, 2020 at 12:52PM

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *