22/02/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Maracanã com 10% da lotação na final da Copa América

2 minutos de lectura
A final da Copa América entre o Brasil e a Argentina, no estádio do Maracanã, vai ter 10% de lotação nas bancadas, avançaram esta sexta-feira as autoridades brasileiras, com os convidados a terem de apresentar um teste negativo à covid-19.

epa09333568 An image taken with a drone shows the Maracana stadium in Rio de Janeiro, Brazil, 09 July 2021. The Maracana stadium will host the Copa America final between Argentina and Brazil on 11 July 2021. EPA/Antonio Lacerda Image taken with a drone

A final da Copa América entre o Brasil e a Argentina, no estádio do Maracanã, vai ter 10% de lotação nas bancadas, avançaram esta sexta-feira as autoridades brasileiras, com os convidados a terem de apresentar um teste negativo à covid-19.
O secretário de saúde da cidade do Rio, Daniel Soranz, deu esta sexta-feira diretrizes para autorizar uma taxa de ocupação até 10% da capacidade do estádio Maracanã, que é de 78 mil lugares, não sendo vendido qualquer ingresso para a partida entre Brasil e Argentina.
Soranz justificou essas diretrizes com um pedido da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), que exigiu que todos os espetadores presentes na final tenham de ser portadores de um exame negativo ao coronavírus para entrar no estádio.
«Haverá uma grande distância entre as pessoas e todos os espetadores serão convidados pela CONMEBOL», disse o Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Pais, numa conferência de imprensa.
A CONMEBOL tinha informado que cada seleção presente na final pode trazer 2200 convidados para a final, mas os espetadores deveriam usar máscaras e manter uma distância de dois metros entre si, não sendo permitidos alimentos e bebidas.
O estádio do Maracanã tinha recebido cerca de 60 mil espetadores na final da edição anterior da Copa América, em 2019, na qual o Brasil venceu o Peru, por 3-1.
Em janeiro, no Maracanã, a final da Libertadores de 2020 entre o Palmeiras e o Santos contou com a presença de cerca de cinco mil espetadores, mas todos concentrados e sem respeito pelas normas de distanciamento social.
O Brasil concordou em organizar a Copa América a apenas duas semanas do início da competição, após as desistências da Colômbia e Argentina, que alegaram razões políticas e de saúde, mas os brasileiros em geral mostraram desinteresse pelo torneio enquanto o país sofre com a pandemia.
A final está marcada para sábado, pelas 21 horas de Brasília, já madrugada de domingo em Portugal (1 hora).
Fuentes BR