30/05/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Elon Musk, Mark Zuckerberg e Sam Altman debatem regulação de IA com congressistas dos EUA

3 minutos de lectura
A maioria dos líderes tecnológicos presentes concordou que a IA precisa ser regulamentada, e Elon Musk qualificou a reunião como um divisor de águas para a civilização humana.

A maioria dos líderes tecnológicos presentes concordou que a IA precisa ser regulamentada, e Elon Musk qualificou a reunião como um divisor de águas para a civilização humana.

Os principais executivos de algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo participaram uma reunião a portas fechadas com congressitas dos EUA em Washington D.C., na qual foram discutidos os potenciais desdobramentos da tecnologia de IA e possíveis abordagens para a regulação do setor.

Realizado em 13 de setembro no Senado dos EUA, o «AI Insight Forum» foi organizado pelo líder da maioria da casa, Chuck Schumer, e contou com a presença de 22 titãs da tecnologia, incluindo Elon Musk, proprietário do X (Twitter), Sundar Pichai, do Google, Mark Zuckerberg, CEO da Meta, Sam Altman, da OpenAI, e Bill Gates, fundador da Microsoft, de acordo com o The New York Times.

Musk teria alertado sobre os riscos existenciais da IA, exclamando: «Se formos eliminados como civilização, todas as apostas estão canceladas», antes de acrescentar:

«Se você tiver uma IA excepcionalmente inteligente, o Partido Comunista deixará o comando da China.»

Em entrevista à CNBC após o evento, ele disse que é essencial ter um «árbitro» para controlar o desenvolvimento da IA. Ou seja, a tecnologia emergente precisa ser regulamentada. Musk acrescentou que a reunião «pode entrar para a história como tendo sido muito importante para o futuro da civilização.»

Quando questionado sobre a regulamentação da IA, ele disse que quase todos na sala concordaram que se trata de algo necessário.

Há um «consenso esmagador» de que deve haver alguma regulamentação sobre IA, disse Elon Musk após a reunião de hoje sobre o tema no Capitólio.

— CNBC (@CNBC)

O CEO do Google, Sundar Pichai, teria dito que a IA poderia ajudar a humanidade a resolver grandes problemas, acrescentando que o governo precisa promover o equilíbrio entre «a inovação e a criação das salvaguardas corretas.»

«Com o tempo, a IA será a maior revolução tecnológica que veremos em nossas vidas. É maior do que a mudança da computação de desktop para dispositivos móveis, e pode ser maior do que a própria Internet.»

Zuckerberg, da Meta, defendeu sistemas de IA de código aberto, declarando: «O código aberto democratiza o acesso a essas ferramentas, e isso ajuda a nivelar o campo de atuação e a promover a inovação em níveis pessoal e empresarial.»

Recentemente, a Meta e a Microsoft se uniram para lançar o Llama 2, um modelo de linguagem grande (LLM) de código aberto da Meta que será incorporado ao Windows e à plataforma de computação em nuvem da Microsoft, a Azure.

Gates, da Microsoft, levantou preocupações sobre os riscos da IA, e defendeu que o governo e o setor privado trabalhem juntos para minimizá-los.

O potencial da IA é ilimitado, mas só o eretivaremos se o governo, o setor privado e a sociedade civil trabalharem juntos para maximizar os benefícios da tecnologia e minimizar seus riscos.

— Bill Gates (@BillGates)

Enquanto isso, Altman, CEO da OpenAI – empresa que criou o ChatGPT e que sem dúvida deu início ao hype da IA no final de 2022 – disse que a reunião foi um momento sem precedentes, e acrescentou:

«Acho que essa será uma ferramenta que capacitará a humanidade em um grau que nem sequer podemos imaginar.»

Durante a reunião, Altman disse acreditar que os formuladores de políticas querem «fazer a coisa certa» e ficou impressionado com a velocidade com que o governo se dispôs a criar regras para o uso e o desenvolvimento da tecnologia.

Sam Altman chegando ao AI Summit: «este é um momento importante, urgente e, de certa forma, sem precedentes»

— Kailey Leinz (@kaileyleinz)

Cathie Wood se diz otimista sobre a convergência entre Bitcoin e IA
Espera-se que a Casa Branca publique uma ordem executiva sobre IA ainda este ano, enquanto o Congresso também está considerando a apresentação de projetos de lei sobre IA.

O fórum a portas fechadas foi o primeiro de uma série, mas o senador Chuck Schumer disse que as futuras reuniões provavelmente serão públicas.

«Essa é a questão mais difícil que o Congresso está enfrentando em muitos anos porque a IA é muito complexa e altamente técnica», disse Schumer.

Crypto World