13/04/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini

2 minutos de lectura
A Ducati 916 foi o maior presente que Massimo Tamburini deu ao motociclismo. Esta brilhante desportiva, foi uma das suas muitas obras-primas, entre muitas outras como as MV Agusta F4 e Brutale e a Bimota DB1. Na verdade, é tão agradável recordá-la nestas imagens, como voltar a escutar alguns discos em vínil de velhas bandas […] The post Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini first appeared on Motomais. The post Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini first appeared on MotoSport. O conteúdo Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini aparece primeiro em MotoSport.

A Ducati 916 foi o maior presente que Massimo Tamburini deu ao motociclismo. Esta brilhante desportiva, foi uma das suas muitas obras-primas, entre muitas outras como as MV Agusta F4 e Brutale e a Bimota DB1.
Na verdade, é tão agradável recordá-la nestas imagens, como voltar a escutar alguns discos em vínil de velhas bandas que resistiram intactos ao tempo. Lançada em 1997, a Ducati 916 SPS foi uma edição especial da 916, construída para homologar o novo motor Desmoquattro de 996 cc para o Campeonato do Mundo de Superbike. A versão SPS foi construída em número limitado, o que desde logo exigia um preço premium.

Incluía um novo conjunto de árvores de cames e uma injeção de combustível atualizada e configuração de ECU. Isso, junto com uma taxa de compressão de 11,5:1, cambota mais leve e câmaras de combustão maiores com cabeças maiores, passando o Desmo Ducati a produzir  123 de potência perfeitamente aproveitáveis, como uma vez comprovei aos seus comandos no apetecível circuito de Jerez de La Frontera num teste de pneus da Michelin – então a grande rival da Pirelli no que respeita a borrachas.

Esta bela 916 SPS em perfeito estado de conservação e com 26 anos de vida está no estado de Nova Iorque, na Moto Borgotaro no Brooklyn, uma casa gerida por Peter Boggia que tem o hábito de não apenas vender motos, mas também de adquirir máquinas europeias exóticas e desejáveis. Com o número de série ‘59’ estampado, foi originalmente vendida ao atual proprietário pelo revendedor da Ducati Fast by Ferraci, em Willow Grove, na Pensilvânia. Desde então, a moto percorreu apenas 7.500 milhas (1.609 kms), sendo capaz de debitar 115,2 cv à roda traseira.

De acordo com a sua vocação desportiva para pistas, a carenagem pode ser retirada rapidamente e está em ótima forma, ostentanto o logo Ducati 916 Desmoquattro, então ainda desenhado em Varese como aliás toda a moto. Possui rodas diferenciadas e alguns acessórios extras de fibra de carbono, mas as peças originais acompanham a moto, além de uma carenagem adicional.

Esta Ducati 916 SPS veio a criar fãs em todo o mundo com os inesquecíveis êxitos do ‘King’ Carl Fogarty no Mundial de Superbike, está à venda na Moto Borgotaro por 45 mil dólares, ou seja 41.922 euros feita a conversão. No entanto, dada a beleza e raridade da moto, não ficaríamos surpresos se o seu preço aumentasse com o tempo.

The post Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini first appeared on Motomais.
The post Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini first appeared on MotoSport.O conteúdo Ducati 916 SPS (1997): Uma das obras-primas do grande ‘mestre’ Tamburini aparece primeiro em MotoSport.
motos