30/05/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Brasil pode usar cooperação com Índia para modernizar defesa com sistemas de mísseis e artilharia

1 minuto de lectura
O jornal Financial Express ressaltou que a busca do Brasil por capacidades militares avançadas teve um progresso significativo após o país demonstrar interesse pelos equipamentos da Índia. De acordo com a mídia, o comandante do Exército brasileiro, general Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, realizou na quinta-feira (31) uma visita estratégica às instalações da Bharat Eletronics, […]

O jornal Financial Express ressaltou que a busca do Brasil por capacidades militares avançadas teve um progresso significativo após o país demonstrar interesse pelos equipamentos da Índia.

De acordo com a mídia, o comandante do Exército brasileiro, general Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, realizou na quinta-feira (31) uma visita estratégica às instalações da Bharat Eletronics, em Bangalore.

A visita confirmou o interesse do Brasil em adquirir os sistemas de mísseis terra-ar Akash de última geração, bem como em armas e equipamentos fabricados pela Índia. A colaboração entre os dois países marca um novo nível no reforço das capacidades de defesa do Brasil.

Obus motorizado de 155 mm52 cal da TATA Power SED Citando fontes diplomáticas, a mídia relata que a visita brasileira foi fruto das intenções do país reforçar sua infraestrutura militar, e que, além do interesse pelo sistema de mísseis Akash, os brasileiros também estariam interessados nos obuseiros autopropulsados de 155 milímetros e no desenvolvimento de um sistema de artilharia autopropulsado sobre rodas.

O sistema de defesa antiaérea Aaksh, desenvolvido pela Índia, foi projetado para neutralizar ameaças provenientes de diversas altitudes e condições climáticas, com elevada flexibilidade tática devido à compatibilidade com veículos de alta mobilidade.

FONTE: Sputnik Brasil