28/05/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Bitcoin fará com que pagamentos globais saiam da ‘era do fax’, diz ex-chefe do PayPal

2 minutos de lectura
Marcus disse que ainda não há um protocolo universal quando se trata de transferências de dinheiro, ao contrário de informações que podem ser compartilhadas por e-mail.

Marcus disse que ainda não há um protocolo universal quando se trata de transferências de dinheiro, ao contrário de informações que podem ser compartilhadas por e-mail.

Embora hoje em dia as informações possam ser facilmente transferidas pela Internet por e-mail ou texto, os pagamentos globais, por outro lado, permaneceram em uma «era do fax», de acordo com o ex-presidente do PayPal.

Em uma entrevista concedida em 11 de setembro à CNBC, o ex-executivo do PayPal e cofundador do serviço de pagamento Lightspark, voltado para a Lightning Network do Bitcoin, disse acreditar que a rede de camada 2 do BTC poderia facilitar o incômodo processo de envio de dinheiro entre diferentes jurisdições.

«Se você quisesse se comunicar com alguum residente de um outro país, poderia pedir-lhe um endereço de e-mail e, no minuto seguinte, poderia enviar-lhe uma mensagem facilmente [ou] poderia enviar-lhe uma mensagem de texto», disse Marcus.

No entanto, não existe um protocolo universal quando se trata de transferir dinheiro pela Internet, disse:

«Se você quisesse enviar dinheiro a uma pessoa, mas ela não fosse cidadã dos EUA e estivesse usando um dos mesmos aplicativos financeiros que você usa, não seria possível fazer isso. Portanto, ainda estamos na era do fax dos pagamentos globais.»

Marcus explicou que uma transferência de dinheiro para não residentes nos EUA, nesse caso, envolveria obter o número da conta bancária da pessoa e ir até o banco local para pagar uma taxa de US$ 50 por uma transferência internacional.

«Se for depois das 17 horas de sexta-feira, azar o deles», acrescentou Marcus.

 

David Marcus sobre o uso do #bitcoin como camada de liquidação básica para «trilhões de dólares em transações»

— Alex Stanczyk ∞/21m (@alexstanczyk)

Marcus, que foi cofundador da Lightspark em maio de 2022 e atua como CEO da empresa, disse que está trabalhando para resolver isso usando a Lightning Network.

  • Preço do Bitcoin cai abaixo de US$ 25 mil – oportunidade ou sinal de desastre iminente?

O ex-presidente do PayPal, no entanto, acredita que, em última análise, a Lightning não será cotidianamente usada para pagamentos de compras. mas sim principalmente para transferências internacionais.

«Nosso ponto de vista é que o Bitcoin não é a moeda que as pessoas usarão para comprar coisas no dia a dia.» Em vez disso, o Bitcoin será usado para enviar dólares  para alguém que, por fim, os receberá na forma de ienes japoneses ou euros do outro lado do mundo, explicou o chefe da Lightspark.

Marcus disse que a camada de liquidação do Bitcoin, combinada com os pagamentos em tempo real da Lightning, permite a liquidação de transações a um custo muito baixo.

Crypto World