22/02/2024

Brasil Argentina Portal de Integração

Ordem Progresso União e Liberdade

Apesar da pandemia, Florianópolis se prepara para receber milhares de turistas argentinos

4 minutos de lectura
Os voos entre a Argentina e a cidade catarinense foram retomados nesta segunda-feira (4), informaram em comunicado as autoridades aeroportuárias de Florianópolis. A Argentina é o principal país emissor de turistas ao Brasil.

Às 16h15 do dia 3 de janeiro de 2021 pousou o primeiro voo da companhia aérea Aerolíneas Argentinas no Aeroporto Internacional de Florianópolis para dar início a alta temporada do que é um dos principais destinos de verão dos argentinos quando em férias no Brasil. Historicamente, o argentino é o principal turista estrangeiro no Brasil. Serão quatro voos semanais partindo de Buenos Aires.

O fator novo é a pandemia do novo coronavírus, enquanto dezenas de países fecham suas fronteiras, como a própria Argentina, o Brasil continua recebendo estrangeiros sem maiores restrições. A única condição imposta pelo governo brasileiro foi uma portaria, editada pelo Ministério da Saúde brasileiro, que entrou em vigor no final do ano, pedindo que os turistas apresentassem testes de PCR negativo para o vírus Covid-19 e que estes tenham sido realizados até 72 horas antes do embarque, sem necessidade de quarentena na chegada no Brasil.

Os voos entre a Argentina e a cidade catarinense foram retomados nesta segunda-feira (4). Foto: Agustin Marcarian.

“Certamente esta é uma rota que representa muito para toda região. É um ótimo reflexo da nossa retomada gradual. Já retomamos com os voos para o Chile e Paraguai e agora para a Argentina. Isso mostra que a Floripa Airport está fazendo a sua parte, sempre prontos e seguros para operar na mais alta qualidade», afirmou Ricardo Gesse, CEO do aeroporto, em nota divulgada pelo aeroporto. Na mesma nota, o cônsul argentino também comemora a retomada do turismo. “São as primeiras frequências a serem restabelecidas entre Argentina e Brasil, só depois das experiências recentes com São Paulo e Rio de Janeiro. A retomada dos voos diretos entre Florianópolis e Buenos Aires é um claro exemplo da importância de Santa Catarina para a República Argentina nos campos social, econômico, político e cultural», afirmou o Cônsul da República Argentina em Florianópolis, Gustavo Coppa.
A nota lembra que a retomada dos voos também ajuda na repatriação de cerca de 10 mil argentinos que vivem em Santa Catarina. Sobre a adoção de medidas sanitárias para conter o avanço do novo coronavírus lê-se na nota: «A Floripa Airport, administradora do aeroporto, adotou todas as exigências das autoridades sanitárias nacionais e internacionais, adicionando medidas extras de prevenção ao vírus. Por todas essas iniciativas, o aeroporto recebeu o Selo Safe Travels, chancelado pela Organização Mundial de Turismo».
Sem reciprocidade

Entre os destinos mais populares figuram, respectivamente, Rio de Janeiro, Búzios e Florianópolis, informou o site Decolar. Foto: Ellan Lustos.

Já a Argentina anunciou no dia 23 de dezembro a proibição de entrada de turistas de países limítrofes a partir do dia 25 de dezembro. A medida está em vigor até o dia 8 de janeiro. Argentinos e residentes poderão entrar no país mediante PCR negativo e deverão cumprir quarentena de sete dias após a entrada no país. Não há nenhuma exceção para turistas que não devem ingressar por nenhuma via ao país.
Segundo a imprensa especializada de turismo (trade), usando dados aéreos dos últimos meses e previsão de especialistas, os argentinos devem ser os principais turistas estrangeiros no país na temporada de verão. Florianópolis figura em terceiro lugar como o destino mais procurado pelos visitantes vizinhos no ranking, sendo o Rio de Janeiro o primeiro do ranking em todas as previsões da imprensa especializada em turismo.
Um estudo de dezembro do popular site de venda de reservas de viagem, Decolar, confirma a previsão da imprensa especializada. A pesquisa demonstrou ainda que os argentinos serão os principais turistas na alta temporada, seguido de chilenos e norte-americanos. Já entre os destinos mais populares figuram, respectivamente, Rio de Janeiro, Búzios e Florianópolis, informou o site Decolar.
Prefeitura reclama
No dia 28 de dezembro, a prefeitura de Florianópolis emitiu uma nota onde expressa preocupação com a procura de turistas estrangeiros para a realização de testes RT-PCR. Segundo o governo local, a procura de argentinos pelos postos de saúde estaria colocando ainda mais pressão no sistema de saúde da cidade. «A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, informa que a exigência de testes para Covid-19, feita pelo governo argentino para voltar ao país, preocupa a administração municipal», informou a prefeitura em comunicado.
Segundo a prefeitura, como os testes são uma exigência do governo argentino para repatriação, nesse caso, os visitantes devem procurar o consulado. O cônsul argentino disse à imprensa local que o problema era «individual», mas que não cabia às autoridades brasileiras absorver a demanda. E que o consulado poderia ser procurado.
Covid-19

Argentinos e residentes poderão entrar no país mediante PCR negativo e deverão cumprir quarentena de sete dias após a entrada no país. Foto: Juano Tesone

O estado de Santa Catarina já registrou mais de meio milhão de casos do novo coronavírus e mais de cinco mil óbitos decorrentes da doença, segundo dados oficiais. O Brasil é o segundo país com mais número de óbitos registrados pelo novo coronavírus no mundo. Na América do Sul lidera também o ranking de casos e mortes. Na região, a Argentina vem em terceiro lugar em casos e óbitos, depois do Brasil e Colômbia.

 

Fuentes ARG,Fuentes ARG